Cantor recebeu elogios por seu visual, mas também foi alvo de críticas: ‘Ta na hora de cortar esse cabelo, heim’
Luana Santana foi aos poucos mudando o seu visual, até exibir fios bem mais longos, deixando para trás o topete que era uma de suas marcas registradas. “Quando o cabelo vai crescendo, não vai tendo jeito, a gente amarra, dá um jeito”, explicou sobre o rabo de cavalo que passou a usar. Mas nos últimos tempos o artista também decidiu clarear os fios, que estão cada vez mais longos. E neste domingo (28), ao posar com os cabelos molhados, Luan, que já se assumiu bem vaidoso desde criança, recebeu uma chuva de críticas e elogios em seu Instagram. “Homão da porra”, escreveu uma fã. “Que cabelinho mais lindo!”, elogiou outra. “Kurt Cobain é vc?”, comparou uma ao citar o vocalista da banda Nirvana, morto em 1994. Outros, no entanto, não aprovaram tanto assim o visual: “Tá na hora de cortar esse cabelo heim”, disse um. “Quem é esse rapaz? Nem conheço”, brincou outra seguidora. “Não pode usar touca com cabelo molhado”, ensinaram outros internautas.

CANTOR ENTREGA PARTE DO CORPO QUE MENOS GOSTA: ‘PÉ PEQUENO’

Luan Santana está satisfeito com seu visual, mas já contou em entrevista a apresentadora Eliana, que se afastou da TV para evitar um parto prematuro, não gosta mesmo dos seus pés. “Acho meu pé pequeno. Parece um pão: gordo e pequeno”, justificou na ocasião. E também revelou um truque para disfarçar outro ponto que considera fraco em seu corpo. “Acho meu pulso fino. Uso essas pulseiras pra disfarçar”, explicou.

ARTISTA CONTOU COMO E QUANDO PERDEU SUA VIRGINDADE

Em entrevista recente ao canal de Matheus Mazzafera no Youtube, Luan Santana relembrou os seus primeiros relacionamentos, quando ainda era apenas um adolescente. Primeiro, o cantor contou como deu o seu primeiro beijo: “Foi fazendo um trabalho de escola na casa de um amigo. A gente estava em cinco e a Camila estava lá. Camila era uma amiga minha. Ficava aquela coisa, sentado no computador, um roçando a perna no outro. A gente foi na dispensa da casa e eu joguei ela em uma prateleira. Mas é estranho esse negócio de primeiro beijo… bate dente com dente, morde língua”, detalhou. Em seguida, falou sobre sua virgindade, perdida na escada do prédio onde morava. “Foi com minha primeira namoradinha. Eu tinha 16, ela tinha 14. Nós namorávamos fazia mais ou menos um ano. Ficava aquela coisa de brincar no prédio e na escada não tem ninguém. Só que é desconfortável demais. Mas foi legal, ela é especial, diferente”, relembrou com carinho.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

X