1479 Views |  Like

Como consertar em casa o que não deu certo no cabeleireiro

Nem a confiança cega que você tem pelo seu hairstylist pode te salvar de alguns deslizes no salão. Seja como for, aprenda a lidar com o drama capilar em casa – e sem desespero!

 

1. Franja ficou muito curta

Não tem nada pior que criar expectativa em cima da tão sonhada franja e sair do salão com metade da testa de fora e querendo usar chapéu pelo resto de sua vida. Mas não se desespere, agora é o momento de ter calma e apelar para os produtos de styling. Você pode usar gel e pentear para cima e na diagonal, fazendo um topete estilo rockabilly. Ou, então, dê umas batidinhas de pomada em pó, que deixa os fios mais grossos e comportados, segure os fios da franja pelas pontas, dê uma torcidinha e prenda para trás com um grampinho, sem puxar para não perder o volume. Colocar a franja para o lado, totalmente sem volume, e usar uns grampinhos coloridos para prender, também é super fofo e está em alta.

 

2. Quando o corte ficou curto demais

Você pediu 3 dedinhos, mas seu cabeleireiro resolveu tirar 3 palmos… Esse é o drama mais difícil, já que para resolver de vez você tem que esperar o crescimento dos fios dar o ar da graça. Fique calma, como isso não acontece da noite para o dia, aproveite o corte curto para inovar nos penteados com bandanas, grampos, fivelas e até boinas. As tranças finas ou de raiz também ficam ótimas nos fios curtos. Se estiver muito ansiosa por longas madeixas, experimente os apliques de tiquetaque, o resultado não é permanente, mas pode ficar bem natural.

 

3. O platinado ficou muito amarelado

O mais comum dos dramas de quem platina os fios é sair com eles amarelados do salão. Como eles ainda estão fragilizados do procedimento químico, nos primeiros dias é bom reforçar a hidratação e aguentar a cor. Depois de uma ou duas semanas, comece a usar o shampoo roxo toda lavagem e, se tiver vontade/coragem pode até investir em um tonalizante cinza – que é menos agressivo que as tintas permanentes e dá uma bela esfriada no tom dos fios.

 

4. O ombré não ficou como você esperava

Nada pior do que sonhar com um degradê loiro e sair do salão com pontas amareladas e marcadas. Nesse caso, existem duas saídas mais comuns: passar uma tinta de caixinha, dessas que vendem na farmácia e alterar a cor da parte mais clara; ou ir a outro salão – e gastar mais uma grana – para tentar consertar o erro. Vale ficar atenta ao quanto fragilizado está o fio, se as pontas estiverem muito ressecadas e com a estrutura danificada, talvez a melhor solução seja adotar um corte curto, que além de resolver seu problema de pontas loiras, também está em alta.

 

5. O vermelho não ficou natural

Você queria o cabelo da Marina Ruy Barbosa, mas chegou em casa com os fios vermelho aceso? A solução pode ser mais fácil do que você imagina. Se os fios estiverem em bom estado (hidratados e brilhantes) experimente passar um shampoo antirresíduos, eles ajudam a desbotar a cor mais rápido, deixando principalmente o vermelho mais claro e lavado. Atenção: uma vez que você atingir a cor desejada, pare de usar o shampoo de limpeza profunda e comece a usar um específico para cabelos ruivos, caso contrário você corre o risco de ficar com a cabeleira laranja.

 

6. O corte ficou torto

No salão ele parecia lindo, mas depois de lavar e secar em casa, o lado esquerdo ficou um palmo mais curto que o direito. Antes de começar a chorar e se descabelar, literalmente, pense que você tem um leque de possibilidades a sua frente. 1. Você pode começar a usar um novo penteado, jogando a parte mais comprida para o outro lado, na diagonal. 2. Você pode passar a máquina no lado mais curto e adotar de vez o sidecut. 3. Você pode voltar no salão – ou ir a um outro – e pedir para acertarem o outro lado. 4. Você pode lançar tendência com o corte assimétrico assumido. 5. Você pode fazer penteados como tranças e torcidinhos, segurando a lateral para disfarçar a diferença. Seja como for, esse é um dos poucos casos que o tempo não vai curar a ferida capilar e uma hora ou outra, você vai ter que fazer um acerto de contas.

 

7. O cabelo saiu duro do salão

Você foi apenas fazer uma hidratação, mas chegando lá o cabeleireiro te vendeu uma cauterização milagrosa que faria todos os seus problemas desaparecerem. Você caiu no conto e saiu de lá com os fios endurecidos, opacos e quebradiços. Acontece, nas melhores cabeças. A queratina pode ser uma ótima reconstrutora de fios fragilizados, mas se usada em excesso tem um resultado adverso. Não tenha medo de usar óleos (de coco, de amêndoas, etc) para reaver a estrutura original dos fios. Você pode aplicar no cabelo antes de dormir e deixar a noite inteira agindo e/ou pingar generosas gotas na máscara de hidratação caseira.